segunda-feira, 20 de julho de 2015

{Resenha} Por Um Toque de Ouro

Oi oi gente, 


Hoje nós vamos apresentar para vocês o ultimo trabalho da linda da Carolina Munhoz. Para quem acompanha o trabalho dela há algum tempo, vai sentir um grande impacto com esse novo livro, pois é completamente diferente de tudo o que ela já escreveu, pois grande parte de seus livros tratam de fadas. Já nesse livro a Carolina nos apresenta uma fantasia diferente, aqui nós conhecemos um pouco da lenda irlandesa: os Leprechaun.


Autor: Carolina Munhóz
Editora: Fantástica Rocco
Número de Páginas: 270
Classificação: 5/5 

Sinopse: Por Um Toque de Ouro - Depois do bem-sucedido O Reino das vozes que não se calam – criado em parceria com a atriz Sophia Abrahão e desde o lançamento na lista dos mais vendidos de ficção nacional da Nielsen – a escritora Carolina Munhóz apresenta Por um toque de ouro, que abre a Trindade Leprechaun, sua primeira trilogia, inspirada nas lendas irlandesas. Ambientado na Dublin contemporânea e protagonizado por uma jovem ligada ao mundo fashion que descobre ser herdeira de uma rara linhagem de seres mágicos considerados guardiões de potes de ouro, Por um toque de ouro é um romance de fantasia urbano e contemporâneo.



Visão Geral


Em Por Um Toque de Ouro, conhecemos a história de Emily O’Connell, uma menina extremamente rica e mimada, única herdeira de uma importante marca de acessórios, a O’C, a menina é como a Queen B da Irlanda, invejada e desejada por todos, Emily também é dona de uma misteriosa sorte, sempre conseguindo escapar de situações constrangedoras e obtendo sucesso em tudo que faz. A patricinha que frequenta as festas mais badaladas, e sempre está acompanha de seu amigo, que já é praticamente um irmão, a ‘bicha má’ do Darren, os dois são inseparáveis, e em nossa opinião, perfeitos juntos!

“Não gosto de viver o amanha. Prefiro sempre viver o momento”



Tudo na vida da patricinha ia de vento em poupa, até o dia de St. Patrick, em que depois de algumas taças de champanhe ela acaba dentro de um banheiro sendo violentada por um rapaz e, querendo evitar isso, algo muito estranho acontece. Fato esse que a assombrou durante vários dias após o evento, e decorrente a isso Emily sentiu que sua sorte havia mudado, nada mais era como antes, e para piorar tudo, a menina conhece um americano extremamente arrogante que começa a lhe roubar o sono.


Depois de muitas brigas e implicações, Emily embarca em uma viajem a Londres com Aaron, e seu amigo fiel Darren. Durante a viajem, a ruiva descobre que a sua sorte não era 'apenas' sorte, e sim um dom, um toque de ouro, que poucas pessoas possuem. E esse dom é adquirido de duas formas, no momento do nascimento ou por genética, e no caso de Emily, seu toque de ouro, foi adquiro por genética.

"- Você é um Leprechaun! - declarou Aaron, sem rodeios. 
Por coincidência ou sorte, o segundo andar do ônibus esvaziara durante a conversa, e os dois, que se encaravam e tinham esquecido qualquer paisagem de Londres, eram agora os únicos passageiros."

O que Emily não esperava, e nós leitores nem imaginávamos, é que ela seria vítima de uma traição muito grande, vinda de uma pessoa que era digna de sua confiança. Uma traição que nos fez prender a respiração e se perguntar como isso havia acontecido. Fomos completamente surpreendidas pelo rumo que o livro tomou.

 “[...] mulheres abrem seus corações com facilidade. Homens os machucam com a mesma desenvoltura.”


Adorei ver a evolução da Carolina neste livro, já li outros livros escritos por ela, e posso dizer sem sombra de dúvidas que suas palavras e descrições me fizeram ser transportada imediatamente para a Irlanda, me fez gostar da lenda dos Leprechaun, e me deixou completamente sem chão com o final do primeiro livro da trilogia. Que venham os próximos livros e que sejam tão espetaculares quanto ao primeiro.




Um grande beijo
Clara e Ketilin

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário